Noticias

A internet corre o risco de bater capacidade de pico em breve, mas ela pode ser salva

Centro de dados do Google em Iowa

A internet tem mais do que um problema de capacidade para se preocupar, aparentemente.

Os pesquisadores se reuniram em Londres nesta semana para enfrentar as crescentes preocupações de que os cabos de fibra óptica, que representam a espinha dorsal da internet, estão atingindo seus limites físicos.

Um representante da Alcatel-Lucent advertiu que poderia bater essa barreira, cerca de 100 terabits por segundo, em cinco anos – não uma boa notícia quando 8K vídeo e outras tecnologias de dados com fome são apenas sobre o horizonte.

A única solução convencional seria a de adicionar mais cabos, o que nem sempre é prático.

Felizmente, a reunião também discutiu algumas formas não convencionais de contornar essa barreira aparentemente intransponível.

Uma técnica iria rampa até a potência em fibras e usar cálculos para reconstruir um sinal utilizável na outra extremidade, enquanto a outra envolveria fibras com vários núcleos que oferecem largura de banda muito mais em um local similar.

O desafio é colocar essas teorias em prática antes que seja tarde demais. Tal como acontece com os processadores, não há nenhuma garantia de que grandes avanços virão em cima da hora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s