Windows

Windows 10 eliminará sincronização do menu Iniciar e aplicativos entre diferentes dispositivos

Microsoft tem usado como um de seus argumentos para promover o Windows 10 a união dos melhores recursos das duas versões anteriores. Mas assim como os gadgets e o Windows Media Center do Windows 7 ficarão de fora, alguns recursos presentes no Windows 8/8.1 também serão abandonados.

O menu Charms, que é exibido ao iniciar o atual sistema operacional oficial de Redmond em computadores, será extinto no Windows 10 para dar lugar a um novo e mais robusto menu Iniciar. Mas um recurso talvez faça falta para alguns usuários, a possibilidade de sincronizar o layout do menu Iniciar e instalação de aplicativos. Abaixo você confere a explicação da Microsoft.

Com o Windows 8.1 e os testes iniciais do Windows 10 descobrimos que os clientes normalmente querem personalizar o layout do menu Iniciar para corresponder ao dispositivo que estão usando. Com a nova Windows Store, a escalabilidade de aplicativos universais do Windows é totalmente suportado em todos os seus dispositivos. Isto significa que os clientes podem obter seus aplicativos e configurações disponíveis em todos os seus dispositivos e ainda criar layouts personalizados no menu Iniciar com tiles que fazem mais sentido para cada tamanho de tela dos dispositivos.

Usuários que possuem diversos computadores com Windows 8/8.1 podem sincronizar o menu Iniciar para usufruir da mesma experiência independente da mudança de máquina. Mas com o Windows 10 suportando uma variedade muito maior de dispositivos e com diferentes tamanhos de tela, a Microsoft preferiu abandonar o recurso. Também será necessário abrir a Windows Store para baixar os aplicativos em cada um dos dispositivos usados. Atualmente tudo o que foi instalado em uma máquina aparece nas demais como um tile, aguardando apenas a confirmação da instalação local.

Apesar de justificar a ausência do recurso no Windows 10 colocando um pouco da responsabilidade sobre os usuários, vale recordar que a Microsoft fez o mesmo quando removeu o botão Iniciar no Windows 8, alegando que os usuários não o utilizavam. A verdade se mostrou bem diferente, será o mesmo com a sincronização do menu Iniciar e aplicativos? O que vocês acham?

Anúncios

2 pensamentos sobre “Windows 10 eliminará sincronização do menu Iniciar e aplicativos entre diferentes dispositivos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s