Apple

Apple Music atinge 10 milhões de usuários em 4 semanas, diz site

id132016

O Apple Music, serviço de músicas por streaming da Apple, atingiu 10 milhões de usuários estando ativo há apenas quatro semanas, de acordo com informações divulgadas pelo site Hits Daily Double, que afirma ter recebido os detalhes sobre quantidade de usuários de fontes internas em grandes gravadoras.

Os números parecem positivos, embora o serviço esteja ativo há tão pouco tempo. Em seu último relatório de ganhos, a empresa de Tim Cook não citou nenhum detalhe sobre o desenvolvimento do serviço por streaming, o que chega a ser completamente compreensível. Este número de usuários inscritos, no entanto, deverá aumentar somente com a chegada do iOS 9, no fim do ano, e com o lançamento de novos modelos do iPhone.

Para efeito de comparação, o Spotify, principal concorrente do serviço da Apple, já conta com mais de 20 milhões de assinantes premium ao redor do mundo, enquanto que o número de usuários na versão gratuita já passa de 55 milhões. No Brasil, a assinatura do Apple Music custa US$ 4,99, enquanto que no resto do mundo ela tem um preço de US$ 9,99, o que nos dá uma certa esperança de que os usuários brasileiros poderão ter peso nos próximos resultados.

Mas, levando em consideração o fato de que muita gente ainda está utilizando o período de 3 meses grátis do Apple Music, é de se esperar que a empresa só revele o número real de usuários em setembro, na próxima chamada de ganhos.

Até lá, é claro, os números de usuários do Apple Music continuarão a ser especulados pela mídia por meio de empresas de pesquisa de mercado e por outras fontes também. No entanto, como a Apple não costuma divulgar estes dados publicamente, só teremos a oportunidade de saber o quão bem (ou não) está indo o serviço dentro de alguns meses.

Lançado em 2010, o Ping, serviço da Apple lançado para funcionar como uma “plataforma social de música”, teve um trágico fim em setembro de 2012, quando foi retirado do ar. No início as pessoas aderiram a ideia da empresa de Cupertino, mas logo viram que o Ping não tinha tanta utilidade quando aparentava. Assim sendo, só o tempo nos dirá como o Apple Music se sobressairá quanto aos concorrentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s