Noticias

Relatório mostra que brasileiros estão cada vez mais adeptos de compras feitas por celular

id137109

Groupon é um famoso serviço de compras coletivas que faz muito sucesso em alguns países como o Brasil. Ele acaba de revelar alguns dados interessantes mostrando o grande aumento no número de compras feitas por celular. De acordo com o levantamento, foram ouvidas 6 mil pessoas no Brasil, Chile, Argentina, México e Colômbia, onde a média de compras online por dispositivos móveis nesses cinco países em conjunto representou 15,6% do total em 2015.

Deste grupo, o Brasil é o que mais se destaca com a maior média de compras registradas. Uma média de 20,6% dos brasileiros realizam compras por celular, enquanto no México o índice é um pouco menor com 19,7%. Em seguida temos Colômbia (17,2%), Chile (12,8%) e Argentina (8%). Pode parecer um aumento grande, mas as compras feitas via computador ainda é dominante nestes países. No Brasil, 73,8% dos usuários usaram algum dispositivo fixo para finalizar suas compras. Todos os outros mercados analisados ficaram acima de 70% neste cenário.

“O computador oferece um pouco mais de segurança na medida em que tem uma série de práticas consolidadas. A maioria das pessoas vê um smartphone como um telefone”, comenta João Gondim – professor do Departamento de Computação da Universidade de Brasília. Para ele, se o uso do celular para transações online de fato se consolidar, os aparelhos podem se tornar mais seguros. “É uma questão de maturidade dos aplicativos e como são incluídos nos aparelhos”, diz, ressaltando que o usuário também deve tomar cuidados. “Conheço pouquíssimas pessoas que têm antivírus no celular”, destaca.

Com a inclusão da biometria em smartphones em parceria com serviços de pagamento como o PayPal, o índice de compras via celular deverá ser bem maior nos próximos meses. Mesmo assim, ainda vai demorar um pouco para vermos estes aparelhos superando os computadores na hora das compras virtuais. De qualquer forma, o Groupon também informou um dado curioso: 76,6% dos brasileiros entrevistados falaram que só fazem alguma compra online quando rola alguma promoção interessante. O segundo motivo está na praticidade e conveniência de não ter que sair de casa, enquanto a facilidade vem em terceiro. Por fim, foi votada a disponibilidade de maior gama de produtos e serviços difíceis de encontrar em lojas próximas. Já o fator segurança só foi mencionado por 22% dos participantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s