Windows

É assim que apps do Android rodam em smartphones com Windows 10

Apps do Android no Windows 10

Em abril, a Microsoft mostrou como desenvolvedores podem portar apps do Android para fazê-los rodar no Windows 10 Mobile. A ferramenta que permite fazer essa conversão – conhecida como “Project Astoria” – está em beta fechado mas vazou há alguns dias, e você pode conferir os resultados abaixo.

Antes de tudo, é preciso ter em mente que esta é uma versão vazada e incompleta da ferramenta – mas ela já funciona muito bem com alguns apps.

O Twitter talvez seja o melhor exemplo: ele carrega os tweets e imagens, consegue acessar sua galeria de fotos do Windows, e abre o Microsoft Edge quando você toca em um link. No geral, é bem melhor que o app nativo para Windows Phone.

Instagram e Periscope carregam normalmente as fotos e streams de vídeo, porém eles ainda não conseguem ter acesso à câmera. O WhatsApp também funciona, mas não permite adicionar amigos – isso requer acesso aos seus contatos, o que ainda não foi implementado. Este vídeo do WindowsBlogItalia mostra os apps em ação:

Em outro vídeo – disponível neste link – o desenvolvedor Angelo Belchior mostra que o Slack funciona apesar da ausência do Play Services. Enquanto isso, o YouTube não funciona, provavelmente porque necessariamente requer o Play Services. (Microsoft e Google tiveram uma briga enorme devido à ausência de um app oficial do YouTube para o Windows Phone).

A Microsoft explicou há alguns meses que vai oferecer uma ferramenta de análise para apps de Android. Desta forma, o desenvolvedor pode reutilizar quase todo o código de um aplicativo, e substituir serviços do Google pelos da Microsoft – mapas, por exemplo – com pequenas alterações. É possível até mesmo incluir recursos voltados para o Windows Phone, como blocos dinâmicos:

E quanto aos jogos? O vídeo neste link mostra Candy Crush Soda – ainda não disponível para Windows Phone – rodando em um Lumia 920; e o vídeo a seguir mostra Clash of Clans rodando normalmente em um Lumia 1520:

Por enquanto, apenas alguns Windows Phones podem rodar apps de Android: trata-se do Lumia 435, 635, 730, 820, 830, 920, 925, 928, 929 (Icon), 930 e 1520. Para instalar os apps, é preciso baixar a ferramenta vazada da Microsoft e o Android SDK, e ativar o modo desenvolvedor no smartphone – o WMPowerUser traz todas as instruções em vídeo.

A Microsoft também permite converter apps do iOS para rodarem tanto no Windows 8.1 como no Windows 10, com uma ferramenta chamada internamente de “Project Islandwood”.

A ferramenta está sendo oferecida em código aberto, e por enquanto só permite converter apps escritos em Objective-C para rodarem em PCs; no futuro, ela permitirá levar apps para smartphones também.

Há duas outras iniciativas para trazer mais opções à Loja do Windows. O “Project Westminster” permite criar apps universais usando linguagens da web (HTML, CSS, JavaScript) e já está disponível.

Enquanto isso, o “Project Centennial” vai trazer programas tradicionais de desktop que rodarão em uma sandbox, isolados do restante do sistema: isso aumenta a segurança e permite desinstalá-los facilmente. Neste caso, os testes começam só em 2016.

[WMPowerUser via Liliputing]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s